Bursite no Ombro

Certa manhã recebi uma senhora com dor severa no ombro. A paciente trabalha numa residência geriátrica e, ao evitar que uma das utentes caísse ao chão, fez um esforço que provocou uma dor muito severa no ombro do lado esquerdo.

Fez exames e foi-lhe diagnosticada uma bursite com derrame. Foi-lhe atribuída baixa e fisioterapia.

Fez mais de 10 sessões e, embora tivesse melhorado um pouco, continuava com grande limitação e dor.

A Marilia chegou ao meu gabinete com uma dor de grau 8 (0 a 10) e com claras limitações no movimento do braço. Não conseguia elevar o braço à frente, ao lado e não o conseguia dobrar para trás.

Foi então iniciado o tratamento. Comecei por fazer craniopunctura de Yamamoto tendo utilizado 2 pontos. Segundos depois pedi à Marilia que testasse o seu braço. Após teste, a dor havia baixado em 2 pontos e a mobilidade do braço aumentado no seu movimento frontal.

Foram efectuados cerca de 15 tratamentos. A Marilia recuperou gradualmente tendo conquistado todos os movimentos que estavam afectados no início.

O tratamento variou entre a Craniopunctura de Yamamoto e acupunctura distal (Tung e Si yuan).

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *